Grêmio

Mercado Tricolor

Enquanto Tardelli chega e Jael se despede, Juninho Capixaba acerta permanência no Grêmio

Créditos: Guilherme Rossini
SELECIONÁVEL: Tardelli é mais um dos atacantes do elenco do Grêmio que já vestiu a camisa da Seleção Brasileira - Lucas Uebel/Grêmio/divulgação

Porto Alegre - Na tarde de ontem, cerca de 500 torcedores recepcionaram Diego Tardelli no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. A festa da torcida para receber o atleta teve os tradicionais cânticos, além de mensagens de incentivo para o atacante de 33 anos. Contratado por três temporadas, o jogador ainda precisa fazer os exames médicos rotineiros para a assinatura do contrato.


Enquanto um atacante chega, outro vai embora. O xodó da torcida do Tricolor, Jael, já fala em tom de despedida com os torcedores. Ao que tudo indica, o que foi preponderante para que o Grêmio aceitasse a proposta do FC Tokio foi justamente a chegada de Diego Tardelli. O diretor de futebol do Grêmio, Alberto Guerra, publicou em uma rede social uma mensagem de agradecimento ao atacante. "Um dos melhores profissionais com quem trabalhei e muito identificado com todos os profissionais de dentro do clube. Foi muito importante nesse período aqui conosco. Sucesso nessa nova empreitada que você merece."


Em 2018, Jael renovou seu contrato por dois anos, tendo uma valorização salarial. Ao que tudo indica, a proposta do time japonês, que joga a J-League, a primeira divisão japonesa, foi de cerca de R$ 2 milhões. Apesar de um bom início de 2019, com dois gols e uma assistência, o centroavante viu a concorrência crescer, e com uma boa proposta salarial, incompatível com o mercado brasileiro, ele viu a oportunidade de se garantir financeiramente.


Juninho Capixaba permanece no Grêmio


Após tentar a contratação de diversos jogadores para atuar pela lateral-esquerda, como Emmanuel Mas, o Grêmio encontrou dentro do próprio elenco uma boa opção para a posição. Com uma média de gols de atacante, com cinco tentos em seis jogos nesse início de 2019, Juninho Capixaba fez com que a diretoria tricolor investisse R$ 6 milhões por seu passe. O clube pagará esse valor ao Corinthians em dez parcelas de R$ 600 mil mensais pelo lateral-esquerdo, que assinará um contrato de quatro anos com a equipe gaúcha.


Com isso, o Grêmio praticamente encerra seu ciclo de contratações para a temporada, somente pensando na chegada ou saída de jogadores no caso dos chamados negócios de oportunidade.

 

Comments

SEE ALSO ...