Agronegócio

Deputado propõe audiência para debater a questão da erva-mate

Ingrediente do chimarrão já acumulou alta superior a 30% nos últimos quatro anos

Créditos: Redação
- Frederico Sehn
Porto Alegre - O deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) encaminhou um requerimento à Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa para a realização de uma audiência pública para debater a situação da produção de erva-mate no Rio Grande do Sul.

Nos últimos meses, o produto teve uma alta no preço superior a 30% - se somados os últimos quatro anos, o valor do quilo ao consumidor aumentou em 100%. Para piorar, há o risco real de que até mesmo falte erva-mate nos supermercados gaúchos nos próximos meses.

De acordo com o Sindicato da Indústria do Mate no Rio Grande do Sul (Sindimate), dentre as razões para este cenário está o baixo preço pago aos produtores pela erva-mate e a valorização de outros produtos agrícolas, como a soja, por exemplo, o que levou à uma diminuição significativa da área plantada de erva-mate no Estado.

Sossella pretende discutir o andamento das políticas de desenvolvimento da cadeia produtiva da erva-mate no Estado com a presença de representantes do Fundo de Desenvolvimento e Inovação da Cadeia Produtiva da Erva-Mate do Estado (FundoMate), do Sindimate, do Instituto Brasileiro da Erva-Mate ( Ibramate), da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, da Emater/Ascar, da Secretaria Estadual da Fazenda, da Famurs, do Ministério da Agricultura, da Secretaria estadual do Desenvolvimento Rural, do Ministério da Fazenda e da Escola do Chimarrão, entre outros.

Comentários

VEJA TAMBÉM...