Variedades

Vale deve contar com caminhão militar para turismo, na Páscoa

Prefeituras da região estudam implementar veículo para passeios turísticos. Ideia foi apresentada às administrações municipais no sábado

Créditos: Lucas George Wendt
SEDE: uma vez na cidade, caminhão vai ficar estacionado junto ao Bombeiros, local onde foi apresentado, no sábado - Lucas George Wendt

Colinas - O prefeito Sandro Herrmann, e o prefeito da vizinha Imigrante, Celso Kaplan, foram esperados na manhã do sábado, pelo comandante dos Bombeiros Imicol, Marcelo Ceppo, na sede do batalhão. O objetivo: uma apresentação. Pouco antes de os prefeitos chegarem, um veículo militar ano 1971 estacionou dentro do pavilhão onde funciona a sede dos pelotão na cidade.

Remodelado e adaptado, com licença especial para circulação, o veículo, por onde passa, é atração. E a ideia é que ele, justamente, se some ao potencial turístico das duas cidades, em épocas como a Páscoa. Os percursos devem ter dez quilômetros. A capacidade é de 20 pessoas. Na viagem inaugural pela região, o jornal O Informativo do Vale esteve presente. Olhares curiosos acompanharam o grupo durante todo o trajeto. Imponente, o veículo chamou atenção por onde passou.

"Esse caminhão é um caminhão maluco"

Marcelo Ceppo é quem afirma. De uma viagem que fez a Orlando, na Flórida, surgiu uma ideia do caminhão turístico que, em breve, deve começar a circular pela região. "É como se fosse um ônibus escolar." Quando voltou dos parques de safári dos Estados Unidos, Ceppo diz que viu crescer em si a ideia de fazer algo similar na região. "Um dia vou fazer um", pensava. "Aí, um engenheiro mecânico, amigo meu, me chamou." Foi recentemente, comenta Ceppo. "Vem cá, ver o meu brinquedo novo, ele me disse. E era isso!", comemora. Em conversa com o prefeito de Colinas, ele revela que encontrou apoio para fazer algo na cidade. Aí, de ideia, a proposta começou a tomar forma. "Invento não me falta", diz Ceppo, e ri depois. Para ele, o Vale tem um grande potencial para o turismo, mas é preciso ter ideias. "Vamos muito a Gramado e a Canela. Bem, não acredito que Gramado tenha nascido turística. Foi se adaptando." Os valores para as interessados ainda não estão definidos, e o roteiro também - mas a expectativa é de que ele já circule na Páscoa, daqui alguns fins de semana. As datas devem ser divulgadas. A proposta é que não tenha finalidade comercial. O valor cobrado por ingresso deverá ser revertido, em parte para manutenção do veículo, e o restante, doado para os bombeiros voluntários.

A ideia

No projeto, o engenheiro e empresário Wilson Sonda investiu cerca de R$ 170 mil. Amigo de Ceppo, Sonda, que trabalha na Serra Gaúcha, garante que um novo veículo está a caminho. Se . A exemplo do primeiro, também foi adquirido em um leilão oficial de veículos militares. A estrutura foi adaptada para proporcionar mais conforto aos passageiros.

Avaliação

Os prefeitos Herrmann e Kaplan saudaram a ideia e estavam no veículo nos primeiros quilômetros rodados pelo veículo militar adaptado pela região. Sentados mais à frente do veículo, acompanharam explicações de Sonda e Ceppo sobre a ideia, enquanto passeavam pelo interior de Colinas e, depois, pelo área central da cidade. Prefeito de Imigrante, Kaplan diz iniciativa soma ao turismo do Vale. "Precisamos ofertar opções, e qualidade", diz. "Trabalhar com o turismo requer pensar em planejamento e alternativas", avalia. A forma como se dará o trabalho com o veículo deve ser detalhada em breve. Mais informações serão divulgadas pelas administrações municipais nas semanas seguintes.

Comentários

VEJA TAMBÉM...