Variedades

Santa Clara promove palestra para integrantes do setor econômico

Economista Patrícia Palermo aborda cenário econômico e os desafios para 2018

Créditos: Redação
Patrícia irá palestrar na terça-feira em Santa Clara - Shari Kozak/Divulgação

Santa Clara - Com o propósito de capacitar e orientar os profissionais da indústria, comércio e serviços de Santa Clara do Sul sobre a conjuntura econômica do país, a Administração Municipal traz ao município uma das referências no setor em nível nacional, a doutora Patrícia Palermo. O evento ocorre na próxima terça-feira, no Clube Centro de Reservistas, com início previsto para as 19h30min. Todos os empresários e funcionários que atuam no município estão convidados a participar. A entrada é gratuita.

Eleita a Economista do Ano em 2016, Patrícia fará uma apresentação do momento econômico atual e sua interface com o cenário político, além de abordar as perspectivas de curto e médio prazo para a economia brasileira. Outro tema a ser debatido é o impacto da situação nacional na dinâmica das empresas.
De acordo com a secretária municipal de Gestão e Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Mallmann, a palestra "O que esperar do Brasil em 2018" integra as ações do Programa Santa Clara Tem Valor, que visa qualificar o comércio local, aumentar a receita e fortalecer a economia do município.


A palestrante
Patrícia Palermo é doutora em Economia Aplicada pela UFRGS e professora universitária da ESPM/São Francisco de Assis e da Uniritter. Foi eleita em 2016 como Economista do Ano pelo Conselho de Economia do Rio Grande do Sul. É uma das autoras dos livros A crise econômica internacional e os impactos no Rio Grande do Sul e O Rio Grande Tem Saída?. Desde 2011 é a economista-chefe do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac. E em 2017, recebeu o prêmio Mulheres que Inspiram, da Revista Donna, do Grupo RBS, devido seu destaque profissional.

O programa
Lançado em agosto, o Santa Clara Tem Valor buscou, num primeiro momento, provocar a reflexão do empresariado e da comunidade em relação à necessidade de mudanças conceituais para alcançar melhores resultados nos setores econômicos.

Depois, criou-se um ciclo de palestras com seis módulos sobre contemporaneidade, atendimento com excelência, gestão de processos e financeira, comunicação e formas de agregar valor ao comércio. Feito isto, iniciou-se curso de gestão visual.

Outro destaque foi a implantação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Comdescla), que serve como interlocutor entre poder público e comunidade, e define a aplicação dos recursos. Para este fim de ano estão previstas ações de marketing para estimular os consumidores a comprarem no município e exigirem nota fiscal.

Comentários

VEJA TAMBÉM...