Variedades

Ospa apresenta concerto gratuito em Estrela

Sob regência de Evandro Matté, a orquestra realiza uma grande apresentação pela sua Série Interior, na programação do Natal


- Mari Lopes

Estrela - No dia 5 de dezembro, terça-feira, às 20h30min, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) estará em Estrela para realizar concerto especial da programação do "Natal em Estrela", evento promovido pela prefeitura da cidade. Na ocasião, os músicos interpretam obras de compositores como Verdi, Piazzolla, Mozart e Camargo Guarnieri, além de trilhas de filmes, no Parque Princesa do Vale. A regência é de Evandro Matté, diretor artístico da sinfônica, e os solos, da soprano Raquel Fortes. O evento, patrocinado pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), integra a Série Interior da Ospa e tem entrada franca.

Sobre o programa

A noite começa com a trilha do famoso musical "West Side Story", conhecido como "Amor, Sublime Amor", do compositor norte-americano Leonard Bernstein. Depois, a Ospa presta homenagem à música de ópera e dança. São interpretados dois trechos de óperas de Giuseppe Verdi: a abertura da ópera "Nabucco", e "Caro Nome" de "Rigoletto", com os solos da soprano Raquel Fortes. Na sequência, a sinfônica apresenta "Vozes da Primavera", valsa de Strauss II. Raquel retorna ao palco para cantar a consagrada ária "A Rainha da Noite" de "A Flauta Mágica", ópera de Wolfgang Amadeus Mozart. A "Dança Eslava nº 8" do checo Antonín Dvorák é a seguinte do programa.

Passando da tradição europeia para a música latino-americana, a orquestra dá continuidade ao concerto com a "Dança Brasileira n. 1" de Camargo Guarnieri. A expressividade portenha ganha vida com "Libertango", de Astor Piazzolla. Por fim, contemplando os fãs da sétima arte, o repertório destaca populares trilhas de cinema: "O Poderoso Chefão", de Nino Rota, e "Piratas do Caribe", de Klaws Badelt. Como não poderia deixar de ser nesta época do ano, a apresentação encerra com a canção natalina "Ó Noite Santa" de Adolph Adam, com a soprano Raquel Fortes de volta ao palco.

 

Sobre a Fundação Ospa

A Fundação Orquestra Sinfônica de Porto Alegre é um complexo musical-educativo que, desde 1950, realiza um trabalho de difusão da música orquestral e formação de plateias no Rio Grande do Sul. Vinculada à Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, mantém a orquestra, um coro sinfônico e uma escola de música.

A Ospa possui uma extensa agenda de concertos em todo o Estado, atingindo um público abrangente e diversificado. Orquestra mais antiga do país em atividades ininterruptas, sua programação é constituída pelas séries Theatro São Pedro, UFRGS, Igrejas, Araújo Vianna, Interior, Música no Museu, Didáticos, Ospa Jovem e concertos especiais. Mais informações em www.ospa.org.br.

Os concertos da temporada 2017 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura (LIC), por Corsan e Banrisul. Apoio: Ipiranga, Thyssenkrupp, Ventos do Sul e Audio Porto. A realização é de Ospa, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedactel.

 

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...