Variedades

Festas em família são opção de quem ficou no Vale no fim de ano

Para aqueles que não foram para o litoral, a passagem de 2017 para 2018 foi curtida de diversas formas na região, entretanto, viagens à praia ainda estão nos planos de alguns

Créditos: Thaís Presser
PARCERIA: o casal Maria e Elcio aproveitou a sombra do Parque Professor Theobaldo Dick no penúltimo dia de 2017 - Thaís Presser

Lajeado - O fim de ano trás consigo o desejo de descanso e tranquilidade. Para muitos, se o sossego for na areia, com um mar a perder de vista e céu azul com sol, está perfeito. A praia é um dos destinos preferidos nesta época do ano, e, também, para passar a virada de ano. No entanto, o litoral é dispensado por alguns, que, por motivos diversos passaram de 2017 para 2018 na região.

A filha de Maria Elisa Pelissari (56) e Elcio Pelissari (63) passou a virada de ano em uma praia de Santa Catarina. Os pais, moradores do Bairro Moinhos, entraram no novo ano com a sobrinha Franciele Koerbes, que mora no mesmo bairro, já que desta vez a visita ao litoral não foi possível. No penúltimo dia de 2017, os aposentados aproveitavam uma sombra no Parque Professor Theobaldo Dick.

"O Elcio trabalha a semana inteira, então aproveitamos o fim de semana para sair. Nesse caso, o fim de semana coincidiu com o feriadão, mas isso não alterou de nenhuma forma nossa rotina", comenta Maria. O casal enfatiza que o parque é um dos locais prediletos para o merecido descanso de uma semana, e até mesmo do fim de ano. "Gostamos muito. É fresquinho, o que ajuda nesse calor que tem feito, e aproveitamos para tomar um chimarrão", diz Elcio.

Praia à vista
Quem também visitou o parque na antevéspera de 2018 foi Catiane de Lima Camargo (34), seu marido Flávio de Oliveira (38), e a pequena Amanda. O casal destaca que, apesar de estarem passeando, detalhes da virada de ano já haviam sido preparados. "A lentilha, por exemplo, é tradição, não pode faltar", revela Catiane. Ela descreve que a entrada em 2018 foi com a família unida. "Além de nós, ainda tem o nosso outro filho, o Vitor, de 16 anos. A virada será em família mesmo, na nossa casa, mas dia 12 de janeiro iremos para a praia, que é algo que vínhamos planejando".

Os moradores do Bairro Moinhos visitam muito o parque, já que moram nas imediações. "Trabalhamos a semana inteira, e a Amanda fica na creche, então no fim de semana aproveitamos para fazer coisas juntos", enfatiza a mãe, que demonstrou a expectativa para a primeiro show de fogos e visita à praia de sua filha. "Em 2016 ela era muito pequeninha, e agora, com um ano e sete meses já entende. Achamos que ela vai adorar as duas coisas".

Daniela Santos da Silva (18), moradora do Bairro Universitário, afirma que no apartamento que mora o sol pega quase durante todo o dia, o que faz com que o ambiente seja muito quente. Por isso, no penúltimo dia de 2017 ela e o namorado Aldair José Puntel (23) aproveitaram uma sombra no Porto dos Bruder, além de apreciarem a bela vista do local.

"Aqui dá para descansar e se refrescar um pouco", destaca a estudante. Conforme Daniela, a virada de ano aconteceria em Relvado, com a família do namorado. "Ano passado passamos com a minha família, em Farroupilha. Fazemos um revezamento". Ela salienta que o importante é entrar em um novo ano na presença de familiares. "Isso é fundamental, a união e o amor". Apesar de ficar na região durante a passagem de ano, o casal já planeja, ansioso, uma viagem para a praia. "Vamos para Tramandaí, em março, que é quando estarei de férias do meu trabalho", descreve Aldair.

Comentários

VEJA TAMBÉM...