Variedades

13ª Feira do Livro de Lajeado define patrono e escritor homenageado

Evento reconhece trajetória de Renato Velho e Wolfgang Hans Collischonn

Créditos: Redação
PALCO DA LITERATURA: Feiro do Livro de Lajeado volta a ser realizada na Praça Marechal Floriano, a Praça da Matriz - Lidiane Mallmann/arquivo O Informativo do Vale

Lajeado - A Comissão Organizadora da 13ª Feira do Livro de Lajeado definiu Renato Velho como patrono. Seu nome desponta por sua produção artística voltada ao tema do evento, que trata sobre a literatura fantástica/medieval. Já o escritor homenageado é Wolfgang Hans Collischonn, indicado pela Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat). Ela ocorre entre 23 e 26 de agosto e já tem sua programação praticamente definida. O início será às 9h do dia 23, uma quinta-feira, estendendo-se até domingo. O lançamento está marcado para o dia 10 de julho, às 10h no Teatro do Sesc.

Realizada no Parque do Imigrante e Parque Histórico, este ano, a feira volta à Praça Marechal Floriano, a Praça da Matriz, sua primeira casa. Estão confirmadas dez livrarias, que ocuparão tendas instaladas no espaço. As atividades culturais e artísticas ocorrem no auditório da Casa de Cultura, no Teatro do Sesc e no Salão Centenário da Paróquia Santo Inácio.

Conforme a coordenadora da comissão organizadora, a gerente do Sesc de Lajeado, Betina Durayski, a programação está sendo pensada para atrair os estudantes e também o público adulto. "Queremos que a feira seja um evento da comunidade e voltada para todas as pessoas." A 13ª Feira do Livro é uma realização do Sesc e Prefeitura de Lajeado, por meio das secretarias de Educação e de Cultura, Esporte e Lazer. Conta com o apoio da Universidade Univates e da Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat), além de outras entidades e empresas.

Saiba mais

Renato Zingano Velho, natural de Taquara, é multi-instrumentista e produtor cultural. Entre os instrumentos que toca estão o banjo americano, bandolim, lap steel, serrote, guitarra, dobro e viola caipira. Integra o grupo Bando Celta. Ganhou o Prêmio Açorianos de Música quatro vezes. Participou do 6º Concerto Série Oficial Ospa, regido pelo maestro Isaac Karabtchevsky, com banjo na obra de George Gershwin Porgy and Bess. Na gestão 2009/2012, Renato Velho foi o diretor de cultura da cidade de Taquara, onde incentivou produções teatrais.

Wolfgang Hans Collischonn é natural de Marques de Souza e radicado em Lajeado. É bancário aposentado, professor, escritor e tradutor. Graduado em Economia pela Univates. É autor do livro Arquitetura Enxaimel e coautor da obra Nossas Origens. Traduziu do alemão a história de Mato Leitão. Escreveu durante nove anos a coluna Deutsche Sprache no jornal O Informativo do Vale. É autor de inúmeros textos de pesquisa e crônicas publicadas em periódicos.

Comentários

VEJA TAMBÉM...