Ano XLIII - Quarta-feira, 29 de março de 2017
Logo Informativo
Estamos pesquisando sua consulta.
Por favor aguarde alguns instantes!
lupa
PRF apoia aumento do limite de velocidade em trechos da BR-386
Home  |   Notícias   |   Geral   |  PRF apoia aumento do limite de velocidade em trechos da BR-386
28 de abril de 2015

PRF apoia aumento do limite de velocidade em trechos da BR-386

Questionado pelo MPF, PRF se mostrou favorável à ampliação do limite de velocidade em vários trechos da rodovia

Crédito da foto: Frederico Sehn

 

Vale do Taquari - Em resposta ao questionamento do Ministério Público Federal (MPF) de Lajeado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) se mostra favorável à troca imediata de velocidade em praticamente toda extensão da BR-386, que está sob a jurisdição da 4ª Delegacia. De acordo com o inspetor-chefe, Adão Vilmar Madril, a tecnologia dos veículos associada à capacidade da pista podem ser ferramentas contra acidentes em velocidades mais elevadas. 

O objetivo do procurador da República Cláudio Terre do Amaral é saber o motivo pelo qual a pista ainda não oferta a velocidade máxima - 110km/h - para veículos leves. Madril diz que respondeu ao pedido com um relatório, onde aponta possíveis pontos de alteração de velocidade.

O chefe da PRF explica que existem trechos, como a Serra de Pouso Novo, onde é impossível elevar todos os patamares de velocidade ao máximo. "É um local onde sabidamente ocorrem muitos acidentes por conta das características do relevo na localidade." De acordo com Madril, no trecho compreendido entre os quilômetros 306 e 304, o ideal seria aumentar dos atuais 60km/h para 80km/h o tráfego de veículos leves. "Caminhões, ônibus e outros tipos de automotivos devem permanecer sob a mesma velocidade."

Madril acrescenta que a maior velocidade pode ser uma aliada na redução de acidentes. O policial explica que automóveis em boas condições em uma estrada com manutenção frequente ajudam na ultrapassagem sem risco e deixam o trânsito mais leve. "Claro que sempre ocorrem os excessos de velocidade. Essa é uma situação de monitoramento constante por parte da PRF", defende.

Segundo o inspetor-chefe, a decisão agora fica com o Dnit e com o próprio MPF. Em nota, a assessoria de imprensa da superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Porto Alegre, afirmou que não recebeu nenhuma comunicação do MPF.

Já o Ministério Público Federal confirma ter encaminhado uma segunda comunicação, reiterando o pedido de informações ao órgão. Conforme o procurador de Justiça, somente após a resposta do Dnit haverá uma decisão final sobre a troca de velocidade na rodovia.



Entenda o caso

A velocidade máxima, em pistas federais de de boa qualidade, segundo o Código de Trânsito Brasileiro, é de 110km/h para veículos leves. Em vários trechos da BR-386 existe ainda o limite de 60km/h em vários trajetos. Na proposta do MPF, a rodovia teria que ofertar o tráfego na mesma velocidade em toda a extensão.

O que defende a Polícia Rodoviária Federal é uma espécie de "meio termo". Em locais de risco de acidentes mais acentuados, a PRF recomenda menor velocidade. Já em faixas de maior circulação, como no trajeto duplicado entre Bom Retiro do Sul e Tabaí, o limite já poderia ser alterado.



Crédito da notícia: Rodrigo Nascimento
Última atualização: 28 de abril de 2015 às 07h54min
Comentário [ + ]
Agronegócio - 29/03

Programa auxilia região no cultivo de erva-mate

Lançado na Expoagro, iniciativa pública integra produtores, viveiristas, indústrias e entidades de pesquisa
Variedades - 29/03

Leandro Karnal participa de Convenção CDL Lajeado 2017

O evento será no Clube Tiro e Caça, dia 22 de junho
VERSÃO IMPRESSA
Edição 11303
Quarta-feira
29/03/2017
Caderno Principal
Edição 11302
Terça-feira
28/03/2017
Caderno Principal
Edição 11301
Segunda-feira
27/03/2017
Caderno Principal
Edição 11300
Sábado
25/03/2017
Caderno Principal
Edição 11299
Sexta-feira
24/03/2017
Edição 11298
Quinta-feira
23/03/2017
Caderno Principal
Edição 11297
Quarta-feira
22/03/2017
Caderno Principal
O Informativo do Vale  - Av. Benjamin Constant, 2197 - Lajeado/RS - Fone: (51) 3726.6700