Polícia

Lajeadense morre em confronto após ataque a banco

Créditos: Redação

Canguçu - O lajeadense Luís Adriano Dias (32), conhecido como "Fofão", morreu na madrugada deste sábado (11), em um confronto após um ataque a banco em Canguçu. Ele foi apontado pela Polícia Civil como líder de uma quadrilha que estaria envolvida em vários assaltos a estabelecimentos bancários no Rio Grande do Sul. O mais recente havia sido no sábado passado, em Encruzilhada do Sul. Dias estava foragido do sistema prisional e, em seu desfavor, havia um mandado de prisão definitiva expedido pela 1ª Vara de Execuções Criminais (VEC) de Porto Alegre, em março do ano passado. A condenação era de 56 anos, 4 meses e 2 dias de reclusão. O homem tinha diversos antecedentes por crimes praticados no Vale do Taquari e na região Metropolitana de Porto Alegre.

O criminoso teria sido atingido durante uma troca de tiros entre o bando e vigias de um posto de combustível. Depois da explosão da agência bancária, um policial civil também ficou ferido e foi encaminhado ao hospital.

 

 

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...