Política

Prefeitura de Lajeado apresenta ações de segurança para Fórum das entidades e órgãos de segurança

O objetivo do encontro foi aproximar entidades e órgãos públicos

Créditos: AI Prefeitura de Lajeado
- Prefeitura de Lajeado/divulgação

Lajeado - As ações focadas na melhoria da segurança pública de Lajeado foram apresentadas nesta segunda-feira (19) ao fórum das entidades e a órgãos de segurança da cidade. A iniciativa da Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública (Sesp), tem como objetivo aproximar entidades e órgãos públicos.

"Queremos ampliar o diálogo com a comunidade sobre temas importantes a partir de conversas com as entidades envolvidas. É uma forma de darmos ainda mais transparência às nossas ações e ouvir as demandas. A segurança é um tema muito relevante para todos, e por isso quisemos promover este debate", explicou o prefeito Marcelo Caumo.

Com a participação de entidades ligadas ao Fórum das Entidades e de representantes do Ministério Público, da Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), o encontro realizado no gabinete do prefeito debateu sobre os principais projetos já realizados e o que ainda está previsto para o município.

Segundo Paulo Roberto Locatelli Gandin, titular da Sesp, o município está adotando uma série de medidas que visam ampliar a sensação de segurança no município. São metas de curto, médio e longo prazos com o intuito de reduzir as possibilidades de ação de criminosos na cidade.

"Temos atuado de forma cada vez mais integrada com os diversos órgãos de segurança do Estado e da União porque acreditamos que este é o melhor caminho para melhorar a segurança. Já fizemos uma série de ações no ano que passou e temos vários projetos previstos para os próximos meses. Nossas ações estão baseadas nesta integração, na adoção de tecnologias e também na educação, que é o caminho preventivo", afirmou Locatelli.

Para as entidades, foi uma oportunidade de esclarecer dúvidas sobre a segurança do município e demonstrar a intenção de unir forças para aumentar a segurança da cidade.

"É importante termos a oportunidade de ver que há muitas ações sendo feitas e outras tantas que ainda virão. Todos nós aqui presentes temos responsabilidades na segurança pública. Destaco o investimento em tecnologia que vem sendo feito, algo que os entes estaduais e federais não conseguirão suprir", disse o coronel Antônio Scussel, presidente da Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), uma das entidades presentes e membro do Fórum das Entidades.

A apresentação sobre segurança também será feita à Câmara de Vereadores nesta terça-feira (20), a partir das 16h.

 

Veja abaixo alguns dos projetos apresentados:

- Curso de formação de soldados, pelo qual Lajeado está se candidatando para receber dezenas de soldados da Brigada Militar que seriam treinados no município.

- 20 anos do Departamento de Trânsito, que deverá resultar em ações especiais voltadas ao trânsito em 2018.

- Workshop Álcool e Drogas, a ser realizado em março.

- Operações integradas entre os diversos órgãos policiais.

- Convênio com a Susepe para uso de mão de obra prisional em trabalhos do município, em fase de finalização.

- Licitação do cercamento eletrônico, que deverá ser feita após a conclusão da fase de testes.

- Projeto educacional no bairro Conservas, que está em fase de elaboração.

- Licitação da construção do quartel do Corpo de Bombeiros, cujo projeto já está concluído.

- Ampliação do número de camêras de monitoramento na cidade.

- Ampliação da realização de simulados de acidentes e evacuação de incêndios.

- Implantação do Plano de Auxílio Mútuo (PAM), reunindo as áreas de segurança de entidades e empresas do município para atuação conjunta em caso de sinistros.

- Implantação do sistema Scutum, com interligação entre as informações de tecnologia e ampliação da resposta por parte dos órgãos de segurança.

Comentários

VEJA TAMBÉM...