Política

Câmara de Vereadores de Lajeado devolve R$ 2,4 milhões ao Executivo

O presidente da Câmara de Vereadores sugeriu para o dinheiro ser usado em cirurgias eletivas

Créditos: AI Prefeitura de Lajeado
Câmara devolvendo recursos ao Executivo - Rafael Scheeren Grün/Prefeitura de Lajeado/divulgação

Lajeado - Em ato realizado nesta quarta-feira (27), no gabinete do prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, a Câmara de Vereadores de Lajeado, representada pelo seu presidente, Waldir Blau, devolveu R$ 2,4 milhões de sobras do seu orçamento ao Executivo.

"O único pedido é que o Executivo repasse R$ 400.000,00 para a realização do mutirão de cirurgias eletivas", afirmou Blau, sugerindo que o restante dos recursos sejam destinados para a Educação. Ele explicou que o Legislativo lajeadense já havia destinado R$ 100 mil para o mutirão de cirurgias, mas que agora este valor poderá ser acrescentado, totalizando R$ 500 mil provenientes da Câmara para a finalidade.

De acordo com o secretário da Saúde (Sesa), Tovar Musskopf, serão realizadas cirurgias gerais e vasculares, como de vesícula biliar, hérnia e de varizes no Hospital Bruno Born (HBB) ao longo de 2018. Conforme Blau, do montante de R$ 2,4 milhões das sobras do orçamento, R$ 1,4 milhão são referentes a economias e R$ 1 milhão seria, a princípio, destinado para a compra da sede da Câmara de Vereadores. Como a compra não se concretizará em 2017, o valor foi somado às economias e devolvido ao Executivo.

Segundo o prefeito Marcelo Caumo, será atendido o pedido de aplicar o referido valor na realização do mutirão de cirurgias eletivas. Ele destacou que R$ 2,4 milhões é um valor considerável, que representa 1% do orçamento total do Executivo lajeadense. "Como achávamos que parte do valor seria destinado para compra da sede da Câmara de Vereadores, não foi planejada a aplicação destes recursos", afirmou Caumo. Neste sentido, ele destacou que no início de 2018 será analisada a melhor forma de aplicação destes recursos no orçamento de 2018 do Executivo. Por fim, o prefeito elogiou as economias do Legislativo, salientando que Lajeado se diferencia do restante do país, em que grande parte dos municípios enfrenta dificuldades para honrar compromissos, e que é um município que atua com gestão forte para manter sua folha de pagamento e seus fornecedores em dia, tendo inclusive pago antecipadamente o 13º salário de seus funcionários.

Comentários

VEJA TAMBÉM...