Polícia

Polícia desarticula quadrilha no interior de Paverama

Em confronto, um homem foi morto e sete pessoas presas, além da apreensão de farta munição e diversas armas de fogo, inclusive fuzis

Créditos: Caroline Garske
Integrantes da quadrilha estavam escondidos em Paverama - Lidiane Mallmann

Na manhã desta sexta-feira, um confronto entre cinco indivíduos e a Brigada Militar de Paverama resultou na morte de um homem e em sete prisões na localidade de Cabriúva, que faz divisa com Tabaí. Com a ação, a Brigada Militar (BM) do Vale do Taquari conseguiu frustrar o que poderia ter sido um grande assalto a banco na região. "Acredito que frustramos sim. Desfalcamos bastante a quadrilha e a desarticulamos", comenta o chefe do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari (CRPO-VT), tenente-coronel Luís Marcelo Gonçalves Maya.
Guarnições da BM de Paverama, Teutônia e Bom Retiro do Sul foram até uma casa onde os criminosos provavelmente estariam escondidos planejando um assalto. Quando avistaram os policiais, eles entraram em confronto com armas de fogo. Um dos bandidos acabou morto. O outro conseguiu fugir pelo matagal e três, de 19, 31 e 45 anos, foram presos. "O que morreu estava ajeitando alguma coisa dentro do Corolla e ele estava com o fuzil atravessado nas costas, quando nos viu, ele gritou para os outros, puxou a arma e já veio atirando", conta um dos soldados que estava no confronto.
Até o fechamento desta edição, o fugitivo não havia sido encontrado e um helicóptero da BM trabalhava no cerco.
Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Porto Alegre, do policiamento aéreo e da Brigada Militar de Taquari,  Westfália e de Poço das Antas também atuaram no desfecho da ocorrência.

Grande apreensão

Com o grupo criminoso, a BM localizou joias, potes com miguelitos, rádios na frequência da polícia, três armas calibre 12, uma pistola, três fuzis 556 e R$ 8 mil. Um veículo Corolla de São Leopoldo, que estava com placas clonadas IUJ-2319, foi recolhido. Um automóvel Kadett, placa IEK-6125, de Arroio do Meio, e um Astra IKE-1919, de Estrela, também foram apreendidos.

Trabalho conjunto

A Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado recebeu os presos para confecção do flagrante. No local do confronto, o delegado regional José Romaci Reis e o delegado de Arroio do Meio, Humberto Roehrig, acompanharam com o Instituto-geral de Perícias (IGP) e o Corpo de Bombeiros de Taquari, que retiraram o cadáver que estava em um barranco de difícil acesso. O delegado de Estrela, Juliano Stobbe, ficou responsável pela autuação. Segundo ele, o grupo de presos é conhecido por realizar assaltos a agências bancárias no Rio Grande do Sul. "Muito provável que a ação tenha frustrado um assalto grande que aconteceria na região", explica Stobbe. 

Prisão que levou ao esconderijo

O delegado Juliano Stobbe explica que uma primeira prisão, no início da manhã de sexta-feira, levou ao local do esconderijo da quadrilha em Paverama. "A Brigada Militar recebeu a informação da circulação de uma camionete Tucson no interior de Tabaí. As guarnições encontraram o veículo que estava em situação de roubo na cidade de Porto Alegre e junto dela um indivíduo que foi preso em flagrante e um pouco de material roubado. Só que naquele momento eles receberam a informação de que aquele preso estaria guardando o material roubado em uma casa no interior de Paverama", explica Stobbe sobre como os policiais militares encontraram o local onde aconteceu o confronto.

Tentativa de resgate

Por volta das 15h, quando a reportagem de O Informativo do Vale estava no local acompanhando a ocorrência e busca pelo criminoso, três mulheres de 30, 35 e 49 anos e um homem de 24 chegaram a bordo de um Astra branco. A suspeita é de que eles tenham ido até o local para resgatar o criminoso que estava embrenhado no mato. Com estes, a ocorrência somou sete prisões, sendo de três mulheres e quatro homens.

 


 

 

 

Comments

SEE ALSO ...