Polícia

Lajeado conta com Plano de Auxílio Mútuo

Reunião contou com a presença de autoridades da segurança

Créditos: Caroline Garske
PAM: objetivo é atuação conjunta com os servidores de segurança pública - Caroline Garske

Lajeado - O secretário de Segurança Pública, Paulo Locatelli, apresentou nesta terça-feira (6) o Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do município para autoridades e empresários, em reunião no salão de eventos da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). O objetivo é a atuação conjunta com os servidores de segurança pública, com foco na prevenção. Segundo o titular da pasta, eliminando-se as condições inseguras é possível reduzir os acidentes e as doenças ocupacionais. Locatelli, que também é tenente-coronel da reserva, falou sobre suas experiências, que ajudaram a pensar no projeto. "O que acontece em um grande sinistro: falta material e equipamento para auxiliar as pessoas que estão sofrendo o evento adverso. Nós queremos trabalhar com a comunidade de uma forma mais efetiva e eficaz em situações de risco", explica.

Locatelli agradeceu o apoio do Ministério Público, representado pelo promotor Sérgio Diefenbach, e completou que é preciso união para trabalhar em ocorrências no município. Diefenbach ressaltou a importância do PAM para a prevenção de acidentes. "O princípio de solidariedade que está dentro de cada pessoa e de cada empresa sempre se exercita diante de uma catástrofe ou de uma tragédia. Ocorre que, muitas vezes, acontece desorganizadamente e esse exercício desorganizado pode custar mais dinheiro e é menos eficaz porque não nos reunimos e não nos organizamos antes", ressalta o promotor.

Estiveram presentes ainda o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo; a vice Gláucia Schumacher; o chefe da 4ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal Paulo Reni da Silva; o comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari, coronel Ricardo Alex Hofmann; e o chefe do 22º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Luis Marcelo Gonçalves Maya.

Já na próxima terça-feira, às 8h30min, os representantes de empresas interessadas em aderir ao PAM e os membros das forças de segurança pública de Lajeado se reúnem na sede do Corpo de Bombeiros para dar início à elaboração do plano.

 

Investimentos

Em nome do Judiciário, o juiz Luís Antônio de Abreu Johnson destacou que os investimentos de prevenção são de fundamental importância. "Olhamos uma cidade organizada e não nos damos conta de quantos riscos nós enfrentamos. Por isso, é muito importante que Judiciário esteja presente naquilo que for necessário, não só no aspecto de estimular e demonstrar à sociedade, mas também ter recursos materiais. Além de um planejamento estratégico e ações organizadas, é preciso que se façam investimentos", afirma. Segundo ele, o Judiciário se solidariza e está disponível para demais tratativas a respeito da segurança pública.

 

Solidariedade

O comandante do Corpo de Bombeiros Militares de Lajeado, tenente Valdinei Rosa, falou que o PAM tem a intenção de despertar o espírito de solidariedade e cidadania da população. Lembrou o temporal que atingiu o Vale do Taquari na semana passada e ressaltou que a corporação levou 48 horas para normalizar a situação. "Se temos um plano que possa somar esforços nessas ocorrências, em 12 horas nós conseguimos trazer à normalidade a nossa cidade", disse ele, ressaltando a grande demanda do Corpo de Bombeiros de Lajeado.

 

Saiba Mais

Objetivos do PAM
- Apoiar a tomada de decisões
- Melhorar a identificação de oportunidades e ameaças
- Ganho de valor sobre incertezas e variabilidades
- Gerenciamento: proativo x reativo
- Melhorar a alocação e uso de recursos
- Melhorar o gerenciamento de incidentes e redução das perdas e custos relacionados aos riscos, incluindo prêmios de seguros
- Ajudar, socorrer e dar assistência
- Melhorar o processo de ação cooperativa local por meio da qual empresas, instituições civis e militares se unam para compor força tarefa capaz de prestar atendimento rápido e adequado a qualquer ocorrência anormal

Comentários

VEJA TAMBÉM...