Lajeadense

Futebol e solidariedade

Preparação para jogo decisivo e entrega de mantimentos marcam a semana do Lajeadense

Créditos: Helena Baségio
REFORÇOS: treinador Serginho Almeida tem a volta de jogadores importantes para o mata-mata - Caco Marin/Lajeadense divulgação

Lajeado - Os reforços do Lajeadense para a segunda fase da Divisão de Acesso vieram de casa. Após longo período de tratamento por lesões, os atletas Marquinhos Guevedi e Roger tiveram alta do Departamento Médico e ficam à disposição do técnico Serginho Almeida para os jogos do mata-mata, contra o Esportivo de Bento Gonçalves. O duelo de ida está marcado para o domingo, às 16h, no Estádio Alviazul.

Os treinos para a partida que define o futuro do Lajeadense no campeonato começaram na segunda-feira. Nesta quinta, o elenco volta a trabalhar. A Sexta-Feira Santa também será de trabalho. No sábado, o elenco encerra a preparação. Neste período, o técnico Serginho Almeida definirá o substituto do zagueiro Du, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.


Venda de ingressos

O Clube Esportivo Lajeadense já iniciou a venda de ingressos antecipados. Os pontos de venda ficam em Lajeado (Toca da Cerveja, Restaurante D´Front, DMF Esportes, CT Florestal, La Máfia Barbearia, Lotérica Resolve e o Mercado do Gringo no Bairro das Nações); Arroio do Meio (Bruxelas e Ritts); Estrela (Cavalheiros Bier); Cruzeiro do Sul e Teutônia (Supermercado Languiru) A arquibancada custa R$ 15 e a cadeira R$ 25.

Já no dia do jogo, nas bilheterias da Arena Alviazul, os preços serão de R$ 20 e R$ 30, respectivamente, Para quem quiser acessar o lado oposto às arquibancadas, no setor Geral, o preço é de R$ 10. Sócios em dia não pagam. Para se associar, ligue para o telefone 3710-1911 ou acesse o link "Sócio Torcedor" no site oficial do clube. Os visitantes pagam R$ 20, mesmo valor que será cobrado dos torcedores do Alviazul no jogo da volta, em Bento Gonçalves.


Solidarieadade

O campo de futebol é um lugar onde o torcedor pode se impressionar com dribles, se empolgar com tabelas e festejar gols e defesas. É um ambiente onde as pessoas manifestam sentimentos e se expressam de várias formas. Mais que isso, um campo de futebol também pode servir de palco para a solidariedade e ações que almejam o bem-estar do próximo.

Foi isso que ocorreu no dia 13 de abril, quando o Lajeadense enfrentou o São Paulo de Rio Grande, em partida válida pela última rodada da fase classificatória da Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho de 2019. Nas semanas que antecederam o jogo, foi divulgada campanha de arrecadação de alimentos e que as mulheres não pagariam ingresso mediante a doação de um litro de leite Languiru. Em contrapartida, para cada litro doado, a Cooperativa Languiru doaria mais um litro de leite. A ação gerou um excelente resultado, com 300 litros de leite entregues a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)de Lajeado.

A entrega dos mantimentos ocorreu na terça-feira e foram recebidos pelo presidente da Apae, Régis Luís Kunrath, e pela coordenadora pedagógica Tamara Dresch. O Lajeadense foi representado pela vice-presidente, Leandra De Nes, e a Cooperativa Languiru pelo coordenador do Supermercado Languiru de Cruzeiro do Sul, Germano Roberto Schaffer, e coordenador do Supermercado Languiru de Arroio do Meio, Jandir Borghardt.

Kunrath ressaltou o trabalho realizado pela entidade, campanhas e contribuições que já beneficiaram a Apae Lakead. Observou que as crianças precisam de atenção especial, que necessitam ser educadas em um ambiente onde predomina o carinho. "Tanto o Lajeadense como a Languiru executaram uma 'baita' ação social que vai contribuir para melhorar a vida de muitas pessoas. Sempre digo que um pouco de cada um é muito para outros", comentou.

Leandra entende que um clube de futebol não deve só estar focado nos resultados dentro de campo. Salienta que este modelo de campanha deve ser mais frequente daqui para frente, evidenciando que o Lajeadense olha com carinho o que ocorre no Vale do Taquari. "Com essa campanha ganhamos a confiança da comunidade pelo trabalho sério que desenvolvemos. A Languiru, como apoiadora da iniciativa, também ganha o respeito e a simpatia do consumidor, evidenciando que não visa somente o lucro, mas o bem-estar das pessoas", sintetizou.

 

AÇÃO SOCIAL: leite foi entregue à Apae Lajeado por representantes do Lajeadense e da Languiru (Éderson Moisés Käfer/divulgação)

Comments

SEE ALSO ...