Geral

Univates e Unisc fora do Novo Fies

Instituições são duas das nove gaúchas que discordam das atuais regras de financiamento

Créditos: Lucas George Wendt
UNIVATES: créditos alternativos são oferecidos aos alunos - Lidiane Mallmann/arquivo O Informativo do Vale

Vale do Taquari - A maioria das universidades gaúchas decidiu não se candidatar às vagas do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Entre elas, a Univates, de Lajeado, e a Unisc, de Santa Cruz do Sul.

O pró-reitor administrativo da Universidade do Vale do Taquari, Oto Roberto Moerschbaecher, explica que a decisão partiu da inconformidade com as regras propostas pelo governo. Com o Novo Fies, a União repassa os custos de gestão do fundo às instituições de Ensino Superior. Este é o entendimento das integrantes do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung). "Passamos o mês de janeiro conversando. Das 15 entidades, nove optaram em não aderir."

A medida provisória em vigência tem regramento que muda, especialmente, os percentuais de retenção do governo. "Existem pontos que prejudicam as instituições e outros que não estão claros. Se mudarem as regras, podemos reconsiderar", diz Moerschbaecher. Em 2017, foram apenas 204 contratações via Fies na Univates. "Já tivemos 3,2 mil alunos com financiamento." Neste semestre, cerca de 1,6 mil terão o incentivo. Para o pró-reitor, as instituições são prejudicadas, também, pela inadimplência dos alunos - o que, na média, ultrapassa os 50% dos contratos finalizados. Quem está matriculado pode ficar tranquilo. "Aditamentos estão garantidos, da mesma forma que vinha sendo feito."

Unisc

A Universidade Santa Cruz do Sul - outra das instituições de Ensino Superior que integram o Comung -, compartilha o posicionamento da Univates. A coordenadora administrativa e pró-reitora de Administração em exercício, Simone Pradella, explica a posição da instituição em não aderir ao Novo Fies. "Aguardamos regras mais claras", diz. Para Simone, elas afetam consideravelmente a autonomia financeira das universidades. Esclarece que os contratos firmados permanecem - no ano passado, foram 320 novas contratações na Unisc. Em 2017, no segundo semestre, a instituição tinha 2,9 mil alunos com financiamento.

Créditos alternativos

No caso da Univates, são oferecidos aos alunos diferentes formas de ingresso com incentivo. O Credivates e o Credivates 2.0 são as principais linhas de financiamento. Também é possível ingressar por meio do Bolsa Licenciatura.

Já a Unisc dispõe do Crediunisc Juros 0, com 300 vagas para o primeiro semestre de 2018, permitindo que o aluno quite 50% do valor da graduação ao final do curso. Além dele, estão à disposição dos alunos o Financiamento Estudantil Sicredi e o incentivo Pra Valer. Ambos não têm limites de vagas, financiando 100% do curso.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...