Geral

Símbolo da Festa da Partilha, suíno Antão está na penúltima casa

Tradicional evento de Linha Santo Antão, em Ilópolis, é antecedido por criação comunitária do animal

Créditos: Livia Oselame
TRANSIÇÃO: porquinho Antão de 2018 (d) já está com cerca de 240 quilos - divulgação

Ilópolis - Pouco mais de um mês de vida tem o suíno que representa a Festa da Partilha de 2018, realizada pela comunidade Santo Antão, em Ilópolis.
Com cerca de 240 quilos, o porquinho Antão, como é chamado, está na penúltima casa de sua peregrinação comunitária, até o dia da festa, marcada para 21 de janeiro.

Em dezembro, ele está sob os cuidados de Lovânia Gaio e família. No mês derradeiro, será destinado à família de Davilson Gomes, onde conhecerá seu sucessor.

Uma cerimônia, ocorrida na quinta-feira que antecede o dia da festa, marca a transição do suíno Antão de uma edição para outra, do evento que caracteriza a comunidade. "É um desafio para todas as famílias superar esse momento de despedida de um e de acolhida de outro, pois durante um ano, o suíno Antão permanece em convívio com as famílias da comunidade, tendo toda uma simbologia ao seu entorno", explica o presidente da Linha Santo Antão, Fábio Camilotti.

Saiba mais
De janeiro a janeiro, 22 famílias acolhem o porco Antão, contribuindo para seu crescimento e ganho de peso. Durante a Festa da Partilha, a carne e a banha extraídas do animal são compartilhadas com os visitantes, gratuitamente, em homenagem à história do santo que dá nome à festa, reconhecido por distribuir sua riqueza aos pobres e viver desprovido de bens materiais.

Comentários

VEJA TAMBÉM...