Geral

Programa Vida+Viva e UPV Lajeado realizam atividades em comemoração ao Dia Internacional do Voluntariado

Os encontros ocorreram no salão de eventos da Acil


- divulgação

Lajeado - Na terça-feira (5), comemorou-se o Dia Internacional do Voluntariado. Para marcar a passagem da data e encerrar as atividades anuais, o Programa Vida+Viva e a ONG Unidade Parceiros Voluntários (UPV) Lajeado promoveram eventos de integração, balanço social e compartilhamento de experiências. Os encontros ocorreram no salão de eventos da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil).

Vida+Viva 
A primeira atividade da manhã teve início às 7h50min, com o acolhimento do coordenador voluntário do programa, promotor Neidemar Fachinetto, que apresentou o vídeo institucional, os indicadores, balanço financeiro e as ações e projetos desenvolvidos durante o ano.

Sobre o Concurso Cultural, Fachinetto destacou a maior participação das escolas públicas, privadas e ONG?s, comparadas ao ano anterior. Em 2016, 5.787 alunos foram envolvidos durante o concurso; já este ano, o número aumentou para 9.653. O 3º Seminário Técnico Científico também teve avaliação satisfatória, sinalizando que o programa está alcançando os objetivos propostos na sua construção.

O professor-doutor Luís César de Castro, presidente do Comen (Conselho Municipal de Entorpecentes), apresentou as atividades que estão sendo desenvolvidas em decorrência ao "Diagnóstico do contato de escolares de 12 a 17 anos de idade com substâncias psicoativas, no município de Lajeado". Os resultados devem ser apresentados à rede municipal no final de dezembro e para a comunidade geral durante o próximo ano. Castro também avalia positivamente os cursos de especialização que a Univates está propondo, com base nas pesquisas desenvolvidas através das provocações realizadas pelo programa. 

Partilhando Vivências
Na segunda parte da manhã, aconteceu o "Partilhando Vivências", às 9h. O evento tem por objetivo oportunizar aos voluntários um espaço para compartilhar experiências sobre práticas do voluntariado organizado. Também possibilita a qualificação de seu trabalho voluntário desenvolvido nas organizações da Sociedade Civil (OSC), que, por sua vez, tem a oportunidade de mostrar como funciona a organização para que outros voluntários desejem voluntariar e identificar cases de voluntariado organizado. Também permite que sejam acompanhados e verificados aspectos positivos e as dificuldades encontradas por ambas as partes.

A programação contou com as boas-vindas da coordenadora da UPV Lajeado, Gilmara Esteves Scapini. "O Partilhando Vivencias é importante pela necessidade de trabalhar temas relevantes para o cotidiano dos voluntários nas OSCs, para que haja reflexão sobre os mesmos e, consequentemente, qualificação dos trabalhos realizados. Esse espaço serve de apoio aos coordenadores de voluntários," explica.

Com a participação do presidente da ACIL, Miguel Arenhart, ocorreu a assinatura do convênio e apresentação da OSC Lar Geriátrico Santa Clara, do município de mesmo nome. A entidade passa a ser assessorada pela UPV Lajeado. O Lar Geriátrico buscará mobilizar e articular voluntários naquele município e firmar parcerias junto à universidade e demais instituições vinculadas à ONG para a prática de voluntariado. Encerrando o Partilhando Vivências, a voluntaria Maria de Fátima Abreu conduziu uma dinâmica de meditação de gratidão.

Comentários

VEJA TAMBÉM...