Geral

Lajeadense Rafael Nicaretta precisa de doadores de sangue

Confira as informações de como você pode ajudar

Créditos: Redação
CASAL: Sabrina e Rafael se casaram em novembro de 2017 - reprodução facebook
Lajeado - Há cerca de um mês, a família do modelo e empresário lajeadense Rafael Nicaretta enfrenta um momento delicado após descobrir que ele tem leucemia. Internado no Hospital Mãe de Deus, na capital, recebe o tratamento necessário, acompanhado por familiares. O jovem já passou por sessões de quimioterapia e precisa de doadores de sangue. Em depoimento em sua rede social, a nutricionista Sabrina Palacio Nicaretta, esposa de Rafael, explica a situação. "Estamos muito otimistas, assim como os médicos, porque ele é jovem, forte e descobrimos muito no início."
 
Ela conta que o marido, com quem se casou em novembro de 2017, está respondendo bem ao tratamento e já recebeu algumas bolsas de sangue. As doações não são urgentes, mas necessárias e importantes para repor o estoque do banco de sangue. "A doação vai ajudar não somente ele, mas também outras pessoas que precisarem." As visitas estão restritas e devem ser de curta duração.
 
A grande repercussão, principalmente nas redes sociais, surpreendeu Nicaretta e a esposa. "É muito bom saber o quanto o meu amor é querido por tanta gente", completa. Um pedido da jovem, que está grávida de oito meses de uma menina, é que as pessoas compreendam e respeitem o momento que estão passando. Ainda conforme Sabrina, Rafael e toda a família agradecem o grande carinho que têm recebido.
 
Saiba mais
1. Pode ser qualquer tipo de sangue. As doações são para repor o que o Rafael está utilizando do banco do hospital.
 
2. Para entrar no hospital é necessário fazer um cadastro na recepção, apresentando um documento com foto.
 
3. Quando fizer a doação diga que é para Rafael Romeu Nicaretta.
 
4. O ideal é que sejam no máximo dez pessoas de cada vez, pois o sangue tem validade e não há muitas salas de doação.
 
5. Para grupos com mais de dez pessoas, é melhor ligar para o banco de sangue se organizar.
 
6. Quem fez cirurgia deve aguardar um ano para poder doar.
 
7. Quem tem piercing, tatuagem e sobrancelha definitiva também deve esperar um ano também
 
8. O Hospital Mãe de Deus, fica na Rua José de Alencar, 286, em Porto Alegre. O banco de sangue está localizado no terceiro andar. Para mais informações ligue: (51) 3230-2309
 
Sobre a medula
 
1. Ainda não está confirmado se Rafael precisará de transplante de medula.
 
2. Existe um exame direto para ver o nível de compatibilidade com o paciente, mas este é apenas para familiares.
 
3. Os demais interessados em ver se tem a medula compatível devem se dirigir ao hemocentro mais próximo da sua cidade, se cadastrar como doador de medula (no caso, para qualquer pessoa, não só para o Rafael), preencher o cadastro e coletar uma amostra de sangue para finalizar o cadastro. Futuramente, se ele precisar, os médicos irão neste banco de doadores procurar alguém compatível.

Comentários

VEJA TAMBÉM...