Geral

GPSNet abre unidade em Languiru

Inauguração ocorreu ontem e clientes já podem utilizar o espaço hoje

Créditos: Matheus Aguilar
FITA: corte foi feito pelo diretor de operações, Nevio Stefainski, e pelo presidente da Certel, Erineo José Hennemann - Matheus Aguilar

Teutônia - A GPSNet inaugurou ontem sua unidade de atendimento no Bairro Languiru, em Teutônia. O espaço passa a receber clientes hoje. É a primeira unidade no formato padrão da empresa na cidade e está localizada na Rua Erno Dahmer. O Bairro Canabarro também deve receber uma loja neste novo padrão, em data a ser definida, além da reformulação da unidade já existente na Rua Pastor Hasenack. A empresa já conta com cerca de 4 mil clientes no município e oferece cobertura por fibra óptica em 100% da área urbana de Teutônia.

Para o diretor de operações da GPSNet, Nevio Stefainski, o alcance da internet por fibra óptica na cidade é motivo de comemoração. "Em qualquer ponto da cidade temos condições de atender com esta que é a melhor tecnologia disponível hoje para acesso à internet. Nossos clientes merecem o melhor", destaca. Com isso, de acordo com ele, a empresa se compromete com o que afirma no slogan, de ser a internet dos gaúchos. "É um trabalho até social esse de dar condição para quem mora um pouco mais distante ter o mesmo acesso à informação que aqueles que moram na região central", descreve. Para que isso fosse possível, foram investidos R$ 2 milhões para implantação da nova rede.

O gerente regional da empresa no Vale do Taquari, Julio Müller, lembra o processo iniciado 17 anos atrás, com a incorporação da CertelNET. "Agora fazemos uma continuidade desse processo, trazendo o benefício da conexão de melhor qualidade existente", frisa. Conforme Julio, a entrega da rede de fibra óptica em toda a parte urbana de Teutônia também vai propiciar o incremento de novos clientes. "E queremos marcar nossa chegada ao município com vários benefícios para os clientes neste primeiro mês", afirma.

Fundador da GPSNet, Gustavo Stock acredita que toda a comunidade ganha quando há uma boa prestação de serviços de telecomunicações, como o que a empresa oferece. "As empresas também prosperam e se desenvolvem. Todos ganham", ressalta. Ele acrescenta que aos poucos a comunidade vai conhecendo melhor o estilo de trabalho e os projetos sociais desenvolvidos. "Temos o TI Verde, para recebimento de descartes eletrônicos aos quais damos o correto encaminhamento. Também oferecemos a Kombi da Conectividade, para levar internet para eventos de interesse público, e o Arte no Muro", revela. "Nós vamos conhecendo a região e aprendendo com os moradores daqui. Queremos que todos se sintam à vontade nessa unidade, que é da GPSNet e dos moradores de Teutônia."

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...