Geral

Uma entusiasta da educação

Amigos homenageiam dona Maria Ofélia Moesch em cerimônia na Soges

Créditos: Rita de Cássia da Silva
Francisco José Moesch, Carlos Rafael Mallmann, Maria Ofélia Stein Moesch e Marcelo Braun - Lidiane Mallmann

Estrela - Uma vida inteira dedicada a fazer a educação acontecer. Assim, dona Maria Ofélia Stein Moesch (93) recebeu títulos como o de Educadora Emérita do Estado do Rio Grande do Sul, concedido em 1980, pelo governo gaúcho. Mas, muito além de reconhecimentos, a maior recompensa para ela é o carinho de ex-alunos e ex-colegas por onde passa. Muitos deles tornaram-se amigos. Tamanha amizade deu origem à homenagem realizada na noite de ontem, na Sociedade Ginástica (Soges). Estiveram presentes convidados, o filho Francisco José Moesch - que é desembargador de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, e demais familiares; além do prefeito Carlos Rafael Mallmann; o presidente da Câmara de Vereadores, Marco Wermann; a titular da 3ª CRE, Greicy Weschenfelder e o secretário de Cultura de Estrela, Marcelo Braun. O evento foi organizado por um grupo formado por professores, ex-alunos e amigos como Maria Noeli Finger, Ildo Salvadori, Dorli Maria Schneider e Paulo Ricardo Schneider. A noite ainda foi marcada por lembranças, reencontros, belas palavras, música e as bênçãos do padre Neimar Schuster e do pastor Milton Schmidt. A homenageada também recebeu uma placa das mãos do prefeito.

Trajetória
Filha única de dona Cecília e Germano Stein, Maria Ofélia Stein Moesch nasceu em Estrela e soube desde muito nova o que queria da vida. Mesmo com a proposta dos pais de assumir o hotel da família, ela preferiu ser professora. "Na época, não havia cursos de magistério em Lajeado e Estrela, então estudei durante seis anos no internato do Colégio São José, em São Leopoldo." Entre as boas lembranças daqueles tempos, guarda algumas de forma mais carinhosa, como o livro Orae, compilado pelo padre jesuíta João Baptista Reus - de quem foi aluna. A professora foi casada com o economista José Moesch, natural de Arroio do Meio. Ficou viúva aos 29 anos, quando o filho Francisco tinha apenas 5. "A vovó Cecília e o vovô Germano foram decisivos na formação do neto, para que eu pudesse exercer a minha vocação", recorda. Além da dedicação à área da educação, sempre teve presença marcante também na Paróquia Santo Antônio, em Estrela - como catequista e, mais tarde, colaboradora do Apostolado da Oração e outros setores.

Magistério
A carreira profissional de dona Maria Ofélia Stein Moesch foi além das salas de aula, nas escolas Vidal de Negreiros, Santo Antônio, Martin Luther, em Colinas - na época ainda chamava-se Corvo, e várias outras. Desempenhou a função de delegada de Educação da 3ª Região Escolar, de 1963 a 1971. Em 1º de setembro de 1971, a convite do governador Euclides Triches, assumiu a 4ª Coordenadoria Regional da Educação, com 51 municípios. "A educação é tudo na vida do ser humano. Eu sou uma entusiasta da educação. Que triste quando alguém não recebe uma orientação ou a educação de um mestre idealista, que ama o que faz, e ama seus alunos. Eu sempre amei minhas crianças", destaca. Mesmo com as longas distâncias percorridas para chegar às escolas e os períodos longe de casa, Maria Ofélia só lembra as coisas boas. "O magistério ganha pouco, mas tem suas compensações", afirma. "Certa vez, eu mandei arrumar um rádio e o senhor não cobrou o serviço. Ele disse que havia estudado em uma cidade onde eu havia instalado o segundo grau", conta, orgulhosa.

Com a palavra
"Ela sempre foi muito generosa com os alunos e com as pessoas. É uma alegria muito grande ver essas pessoas queridas homenagearem minha mãe."
filho edesembargador,
Francisco José Moesch

"A dona Maria Ofélia sempre se dedicou muito à questão da educação não só em Estrela, mas no Vale do Taquari. Para nós, é um momento de alegria e reconhecimento a todo um trabalho desenvolvido por ela."
prefeito, Carlos Rafael Mallmann

"Amiga, incentivadora e um grande exemplo de vida para a sociedade e para a minha família."
amigo, Ildo Salvadori

"Foram as qualidade dela que me mostraram a direção a tomar na vida profissional e pessoal. No tempo em que as mulheres pouco tinham vez e voz, ela vibrava com seus argumentos."
amiga, Dorli Maria Schneider

"Queremos demonstrar todo o nosso amor e carinho e mostrar a importância dela na vida de tantas pessoas."
amiga, Maria Noeli Finger

Exposição
Como forma de agradecimento por toda a dedicação e atuação de dona Maria Ofélia Stein Moesch, na Educação do município de Estrela, a Casa de Cultura do município realizou uma mostra fotográfica contando fatos da vida da professora - com curadoria da historiadora Letícia Oliveira de Oliveira. Os painéis também fizeram parte da recepção aos convidados, na noite de ontem, na Soges.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...