Esporte

Clima da Copa não chegou no Vale

Crise econômica, instabilidade financeira e herança do 7 a 1 abalam brasileiro e Mundial da Rússia acaba ficando em segundo plano

Créditos: Redação
NA VITRINE: clima do Mundial da Rússia ainda é tímido no comércio lajeadense - Lidiane Mallmann

Vale do Taquari - Com os holofotes voltados para a Rússia, inicia-se nesta quinta-feira, a partir das 12h, a Copa do Mundo de Futebol. Se dentro de campo mais uma vez a Seleção Brasileira desponta como uma das principais candidatas a levantar a taça, fora dele o clima de insegurança vivido pela realidade política e econômica do país, colocam a expectativa do Mundial bem abaixo com relação as últimas edições do evento.

O verde-amarelo que coloria as cidades por antecipação, surge discreto, em pontos isolados, sem muito alarde. No comércio lajeadense, raras são as lojas que se animaram para torcer por Neymar e companhia. Para a gerente comercial Fernanda Sad, o clima de 2018 é muito diferente com relação a Copa de 2014, tanto no que diz respeito a venda quanto ao interesse dos consumidores. "Nós entramos no clima da Copa, mas as vendas têm acontecido basicamente para empresas que realizam algum tipo de ação promocional. A procura individual, daquele torcedor que investe numa camisa da seleção, hoje é muito baixa, quase nula", explica.

Para o presidente do Lajeadense, Alexandre Sebben, a grave crise econômica na qual o país se instalou além dos reflexos do 7 a 1 e do legado inacabado da Copa realizada no Brasil, acabaram atingindo o torcedor que não se vê mais tão motivado em participar do evento como um todo. "São vários fatores negativos que têm feito o torcedor colocar a Copa em segundo plano. O que vivemos aqui em 2014 foi muito marcante em todos os sentidos tanto positivos, mas acima de tudo daquilo que ficamos devendo, principalmente pela goleada para a Alemanha e do legado de incertezas que o Mundial deixou para nós, com obras inacabadas, e problemas que se arrastam até hoje como os estádios no norte e nordeste onde o futebol não acontece. Talvez após o primeiro jogo da seleção que ocorre no domingo, esse sentimento mude. Vamos aguardar", comenta.

Em campo

Com Rússia x Arábia Saudita a partir das 12h (horário de Brasília), inicia-se nesta quinta-feira a Copa do Mundo da Rússia. Um Mundial com vários favoritos e muitas estrelas. No Grupo E, a Seleção Brasileira inicia sua caminhada pelo hexacampeonato no domingo ás 15h diante da Suíça, em Rostov.

Comentários

VEJA TAMBÉM...